O que é a Síndrome do Pânico?

categoryAnsiedade na Cidade, Burnout, Depressão, Luto, Pandemia, Prevenção, Psicanálise, Psicoterapia, Psicoterapia on-line, Saúde Mental, Síndromes, Solidão, Suicídio
tagAngústia e Pânico., crise de Ansiedade, Pânico, síndrome do pânico, sintomas de pânico

“…O medo é uma brecha que fez crescer a dor…” ( Lenine)

 

Síndrome do Pânico é um  transtorno de ansiedade que se caracteriza por picos desse comportamento. Ocorrem subitamente e geralmente duram em torno de 10 minutos.  O ser humano se alimenta de uma ilusão de controle, quando uma vivência o tira deste controle essa ilusão se quebra e a pessoa que tem um fundo inseguro, pode desencadear uma crise. Costuma ocorrer em pessoas jovens antes dos 25 anos de idade, as quais já apresentavam ansiedade.

Os sintomas da síndrome do Pânico são: ansiedade, medo intenso, agitação, falta de ar, taquicardia, tontura e tremores, medo de morrer, medo de enlouquecer. O transtorno traz grande prejuízo ao portador, mas com diagnóstico correto, medicação adequada e Psicoterapia, os resultados são rapidamente observados e o tratamento eficiente.

A Psicoterapia se aplica no sentido de organizar o pensamento da pessoa, entrar em contato com suas questões subjetivas para leva-la a entender que este Pânico é um sintoma que abarca questões físicas e psíquicas. Uma vez que tais sintomas físicos podem na verdade estar traduzindo dores da alma daquele sujeito.

Dica: O paciente bem informado sobre os sintomas e com uma família esclarecida à respeito do transtorno ajuda na identificação prévia de uma possível crise, abreviando o sofrimento. Só assim o paciente poderá aumentar sua tolerância aos sintomas físicos, diminuindo desta forma a frequência e a intensidade das crises.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Post anterior
Depressão, como resolver?
Próximo post
Perdas e Lutos
Menu