Reflexões sobre Maternidade e Violência Doméstica Gisa Aquino

Reflexões sobre Maternidade e Violência Doméstica: O Contraste Entre Amor e Dor

categoryAcolhimento, Empatia, Feminino, Psicanálise

No turbilhão de um dia típico, onde as obrigações se misturam com as emoções, há momentos que nos fazem questionar a própria realidade. Assim aconteceu comigo, mãe dedicada e madrasta amorosa, que me vi em minha rotina ser atravessada por um episódio que me deixou perplexa e ferida às vésperas do Dia das Mães. Estas são minhas reflexões sobre maternidade e violência doméstica.

Era uma segunda-feira como qualquer outra. Meu filho mais novo estava doente, necessitando de cuidados, enquanto eu me via forçada a cumprir minha jornada de trabalho. Com o coração apertado, dividido entre a responsabilidade profissional e o anseio maternal, tentava manter o equilíbrio entre as demandas da vida adulta e o desejo inato de acalentar meu filho.

Após um dia exaustivo, a padaria se tornou meu refúgio, um lugar onde poderia respirar fundo e recarregar as energias. Entretanto, o que encontrei ali foi algo que me fez questionar a própria humanidade. Enquanto aguardava meu pedido, meus ouvidos captaram uma conversa ao telefone, de um homem ao lado, cujas palavras ecoaram no ambiente como um soco no estômago.

Do outro lado da linha, ele falava com seu filho adolescente com uma gentileza quase doentia, “repreendendo-o” por ter agredido a própria mãe. O homem dizia assim: “Já te falei para parar de bater na sua mãe”, em tom condescendente e jocoso. Com o coração na garganta, não pude deixar de ouvir cada palavra, cada frase carregada de um amor distorcido, que tentava corrigir um erro grave com palavras brandas.

Reflexões sobre Maternidade e Violência Doméstica

A cena era absurda. Enquanto lutava para conciliar minhas obrigações como mãe e profissional, testemunhava uma situação onde a violência doméstica era tratada com uma naturalidade chocante. O contraste entre amor incondicional e a brutalidade da situação exposta ali, naquele balcão de padaria, era avassalador.

Me senti violentada não apenas pela história que ouvi, mas pela cruel constatação sobre a proximidade do Dia das Mães. Mesmo em um momento dedicado à celebração da maternidade, a violência ainda encontra espaço para se manifestar.

Significado Mais Profundo do Dia das Mães

Enquanto segurava meu café com as mãos trêmulas, refleti sobre o significado mais profundo do Dia das Mães. Mais do que presentes e homenagens, era um lembrete doloroso da luta constante das mães e mulheres para proteger e nutrir seus filhos, em um mundo que muitas vezes parece indiferente às suas dores e sacrifícios. E, naquele momento, decidi que, apesar das adversidades, meu amor seria sempre o guia para conduzir através das sombras, em direção à luz brilhante na jornada da maternidade.

Explorações Relacionadas

Descubra mais textos de Gisa:

Entenda o que é Violência Doméstica 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Post anterior
Empresa Promotora da Saúde Mental: Certificado, Importância e Boas Práticas